Os debates sobre o avanço da direita nos países do centro capitalista – e em diversos outros casos na sua periferia do sistema interestatal – têm como fulcro o enfraquecimento da democracia liberal (1), que impera em praticamente todo o Ocidente. Nessas discussões, vêm se destacando como uma das causas do problema a deterioração da renda, a qualidade dos postos de trabalho e a falta de oportunidades de ascensão social para um grande contingente de trabalhadores. Um fenômeno que tem sido aproveitado por forças “populistas” que contestam o regime da democracia liberal.

Publicado em Internacional

Desde o último dia 26 de agosto que o Banco Central vem intervindo no mercado de câmbio com um novo instrumento. Em vez de usar swaps futuros, que ao fim de certo período, geralmente de 30 dias, paga um prêmio ao investidor se o dólar não se elevar, ele passou a vender dólares físicos. Isso impediu que o dólar ultrapasse a taxa de 4,20 reais - um número mágico que tem mais razões psicológicas do que financeiras.

Publicado em Internacional

A Ritalina é uma droga indicada para alguns pacientes diagnosticados com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). No entanto, o seu uso está tão disseminado que a quantidade de diagnósticos de TDAH indica, falsamente, que o mundo vive uma epidemia. Mais do que isso, a Ritalina tem uma história polêmica. No começo, era usada para preparar crianças dos EUA para competir com os comunistas soviéticos, agora, a Ritalina cerra fileiras contra as "crianças problemáticas ou más" e é usada por muitos adultos simplesmente para aumentar a concentração em tarefas e situações corriqueiras da vida.

Publicado em Comportamento