Para Guardar

Para Guardar (14)

A Associação Juízes para a Democracia (AJD), entidade não governamental, de âmbito nacional, sem fins corporativos, que tem dentre seus objetivos estatutários o respeito aos valores próprios do Estado Democrático de Direito, tendo em vista propostas legislativas levadas à discussão e ações estatais realizadas, em nome do combate à corrupção, que afrontam os Direitos Fundamentais arduamente conquistados com a promulgação da Constituição da República de 1988, vem a público dizer que:

Tratando-se de uma abordagem concisa, destinada ao aspecto jurídico-penal, não se pretende incluir as causas primárias, como o desemprego, o desequilíbrio social, a falta de perspectiva no mercado de trabalho, o uso de drogas, o abuso do álcool, dentre outros fatores.

A Associação Juízes para a Democracia - AJD, entidade não governamental, sem fins lucrativos ou corporativistas, que congrega juízes trabalhistas, federais e estaduais de todo o território nacional e de todas as instâncias, e que tem por objetivos primaciais a luta pelo respeito absoluto e incondicional aos valores jurídicos próprios do Estado Democrático de Direito e pela defesa da independência judicial, vem apresentar a presente NOTA a respeito das cotas raciais no Poder Judiciário.

Terça, 05 Julho 2016 06:13

O problema é o processo

Escrito por

A denominada Operação Lava Jato revelou provas, ainda pendentes de exame definitivo pelo Judiciário, da aparente existência de um esquema criminoso de corrupção e lavagem de dinheiro de dimensões gigantescas. Se confirmados os fatos, tratar-se-á do maior escândalo criminal já descoberto no Brasil. As consequências são assustadoras.

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta (17) que a prisão de condenados deve ocorrer depois que a sentença for confirmada em um julgamento de segunda instância, ou seja, antes de se esgotarem todos os recursos possíveis da defesa.

Como é que a epidemia do Déficit de Atenção, que tornou-se firmemente estabelecida em vários países do mundo, foi quase completamente desconsiderada com relação a crianças na França?

Após mais de 50 anos liderando a luta para legitimar o Transtorno de Défict de Atenção e Hiperatividade, Keith Conners poderia estar comemorando.

Crianças gravemente hiperativas e impulsivas livraram-se da classificação de sementes ruins e são agora reconhecidas como tendo um problema neurológico real. Médicos e pais têm grande aceitação a drogas como Adderall e Concerta [os dois são também usados no combate do défict de atenção] para tratar os traços clássicos de TDAH, ajudando jovens a ter sucesso na escola e fora dela.

A chamada “pílula da matemática”, a ritalina, continua sendo um dos tratamentos mais usados em vários países para o transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

Sábado, 26 Julho 2014 00:20

Ariano, duas histórias

Escrito por

A entrevista com Ariano Suassuna iniciou-se na Secretaria de Cultura de Pernambuco e foi encerrada na sua casa, na Rua do Chacon. E duas histórias não entraram no texto original. Fui recebido por Ariano, que vestia uma camisa branca de algodão. No bolso, estava pintado o “seu” símbolo do PSB: “Canudos foi, até hoje, o lugar onde o povo se expressou sem nenhuma imposição de fora nem de cima. Acho Antônio Conselheiro uma figura da maior importância. E o regime lá era socialista. A bandeira que eles usavam era do Divino Espírito Santo. Um dos motivos por que entrei no PSB foi essa simbologia. O meu socialismo é o de Canudos. O pombo deste jeito aqui (mostra o bolso da camisa), dentro do sol, voando da direta para a esquerda. O meu símbolo do PSB é este”.

A ideia é que sejamos muitos para falar de samba, prontidão e outras bossas, de nossas coisas, de coisas nossas, conforme em 1932 compôs Noel Rosa, esse excepcional compositor brasileiro que trouxe alegria e inspiração a várias gerações e a quem pedimos que apadrinhe este sítio.